4 fatos que você deveria saber sobre a Pinot Noir

pinotConhecida como o “vestidinho preto” dos vinhos, a Pinot Noir é uma uva super versátil, que harmoniza com quase tudo. É a cepagem tinta oficial da Borgonha e matéria-prima de alguns dos elixires mais sonhados pelos enófilos, como o lendário Romanée-Conti.

Por isso, resolvemos listar algumas curiosidades sobre essa uvinha tão especial 🙂

Pinot Noir é 1000 anos mais velha do que a Cabernet Sauvignon
Uma das uvas mais velhas do mundo, já existia desde a época do Império Romano assim como outras antiguidades como a Muscat Blanc e a quase extinta Gouais Blanc, que segundo historiadores era “a uva” da Idade Média.

Pinot Noir = Pinot Gris = Pinot Blanc
O DNA das três variações foi analisado e descobriram que geneticamente as três uvas são idênticas! Jancis Robinson, Julia Harding e José Vouillamoz, escritores do livro Wine Grapes, acreditam que a Pinot Blanc e a Pinot Gris são simples mutações de cor da Pinot Noir.

A Alemanha está entre os maiores produtores de Pinot Noir no mundo!
A Alemanha é o terceiro maior produtor de Pinot Noir, atrás da França e dos Estados Unidos. Na versão germânica, a uva é mais conhecida como Spätburgunder.

Onde tem Pinot Noir, tem Chardonnay!
Você já reparou que as regiões produtoras de Pinot Noir também produzem Chardonnay (ex: Borgonha, Oregon e Chile)? Isso se dá porque a a Chardonnay é um cruzamento natural de Pinot Noir com a  Gouais Blanc (a uva da Idade Média que falamos acima).

Fonte: winefolly.com